Coloque Um Disco Pra Tocar

Qual disco você não se cansa de colocar pra tocar na vitrola, no CD player ou na sua plataforma virtual? Por que ele é assim tão importante pra você? Como esse disco chegou nas suas mãos ou aos seus ouvidos? Na sua opinião qual é a melhor faixa? Neste post quem coloca um disco pra tocar é o baixista Luiz Domingues.

“O ano era 1971, e se por um lado a Black Music ainda vivia sua fase de ouro no aspecto da popularidade, atingindo também o público branco e colecionando triunfos comerciais, havia uma tensão artística, com vários artistas negros sendo mais incisivos nas suas letras e nas posturas, com uma acidez implícita, mas sem nenhum demérito para a questão musical e pelo contrário, conferindo-lhe ainda mais brilhantismo. Foi o que ocorreu com o cantor Marvin Gaye, que já era consagrado no mundo da Soul Music, mas quando gravou o single “What’s Goin On”, assustou a cúpula da gravadora Motown com aquela contundência sociopolítica na letra, mas depois que a música estourou, abriu caminho para o LP homônimo fosse produzido com outras canções fortes no mesmo teor. Pelo aspecto musical, um obra prima, misturando a Soul Music com pitadas generosas de Jazz e latinidade, mais o R’n’B. Destaco a faixa título, que tem um arranjo incrível, com um balanço irresistível que é a cara da Black Music setentista, com aquela aura de “Blaxpoitation”.”

Visite o Blog de Luiz Domingues ( A Chave do Sol, Patrulha do Espaço, Pit Bulls On Crack, Lingua de Trapo,  Pedra)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *