Inocentes Ao Vivo!

      Inocentes - 08-03-16

As performances poderosas e a postura firme da banda, logo a alçaram ao patamar de uma das porta-vozes do movimento. É famosa a frase escrita por Clemente em seu manifesto de 1982, “Estamos aqui para revolucionar a música popular brasileira, para pintar de negro a Asa Branca, atrasar o Trem das Onze, pisar sobre as flores de Geraldo Vandré e fazer da Amélia uma mulher qualquer”, eles foram uma das bandas mais solicitadas do movimento naquele momento, presentes em várias matérias de TV, revistas e no documentário “Garotos do Subúrbio” de Fernando Meirelles além de participarem do festival e da coletânea “O Começo do Fim do Mundo” no SESC Pompéia.

Em 1983, lançam o EP “Miséria e Fome” por selo próprio e na Alemanha pela Weird System, e no final do mesmo ano, a banda encerra suas atividades no palco do Napalm. No início de 1984, o Inocentes, volta aos palcos com novo som e nova formação, atuando na cena Rock Paulista em 1986 eles são contratados pela Warner e se tornam a primeira banda punk brasileira a assinar com uma gravadora multinacional, nesse mesmo ano lançam o mini-lp “Pânico em SP” e fazem sua primeira turnê nacional, ficam conhecidos em todo país e finalmente atingem a grande mídia e o grande público. Ainda pela Warner lançam mais dois discos, “Adeus Carne” de 1987 e “Inocentes” de 1989.

Na década de 1990, voltam à vida independente, “Estilhaços” de 1992, pelo selo Camerati e “Subterrâneos” de 1994 pela Eldorado são dessa fase, marcada pelo show de abertura ao Ramones no Olímpia.O ano de 1995, é o início da formação atual do Inocentes, o cultuado CD “Ruas”, lançado pela gravadora Paradoxx em 1996 inaugura essa nova fase, e o primeiro grande festival foi o Close up Planet, em 1996 com Sex Pistols, Bad Religion e Marky Ramone com quem excursionaram pelo interior de SP, em 1997 participam do Abril Pro Rock em Recife e do Rock Gol na MTV, em 1999 já pela gravadora Abril Music lançam o CD “Embalado à Vácuo” que tem o hit “Cala Boca”, muito bem executado pelas rádios paulistas, chegando a ficar em 1° lugar na rádio Brasil 2000 por meses consecutivos, ainda na gravadora Abril Music lançam no ano 2000 o CD “ O Silêncio dos Inocentes”, e em 2001 comemoram 20 anos de banda com um grande show no SESC Pompéia e registram tudo no CD “20 anos ao Vivo”.

Pequena interrupção dessa formação e o CD “Labirinto” de 2004, foi gravado com Fred na bateria. Em 2006 com a formação completa novamente, após a exposição gerada pelo documentário “Botinada” do ex-VJ Gastão Moreira, a banda inicia uma série de participações marcantes em festivais por todo país e se torna referência na cena independente brasileira. O Inocentes, passa pelos festivais, Se Rasgum em Belém, Porão do Rock em Brasília, Goiânia Noise em Goiás, Calango em Cuibá, Tendencies em Palmas no Tocantins, Fogo no Cerrado em Campo Grande, Morrostock no Rio Grande do Sul, Tendencies em Curitiba, Palco do Rock em pleno carnaval de Salvador na Bahia e vários outros. Em 2007 lançam seu primeiro DVD, “Som e Fúria”, pelo selo Monstro Discos e agora estão em estúdio preparando seu novo álbum de inéditas.

Os Inocentes são: Anselmo Monstro no baixo, Clemente Nascimento na voz e guitarra, Nonô na bateria e Ronaldo Passos na guitarra.

*Press Release retirado do .site oficial Inocentes.

Set list

Rotina
Garotos do Subúrbio
Cala A Boca
As Verdades Doem
Desequilíbrio
O Homem Negro
Nem Tudo Volta
Não Acordem A Cidade
Pátria Amada
Intolerância
Pânico Em SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *